segunda-feira, 29 de março de 2010

Amélia quer um cão



Amélia entra na sala. O seu pai estava sentado na sua
cadeira favorita a ler o jornal.
- Pai- disse ela-, estava a pensar... O pai suspirou.
"Quando a Amélia pensa, normalmente significa
que temos problemas", disse.
Amélia continuou:- Pai, podemos ter um cão?
Podíamos levá-lo a passear ao parque e também
podia dormir no meu quarto e não deixava
que os monstros se aproximassem da minha cama."
(...)


Uma história muito engraçada que mostra como as crianças são espertas.
O autor recorre a elementos repetitivos para captar a atenção dos leitores.

(Autor Tim Bowley)
(Ilustração de André Neves

1 comentário:

Nati disse...

Hola soy Nati, y paseando por los blog esta noche de domingo he tenido el placer de encontrar tu blog, tienes una forma muy personal de hacer las cosas que lo hace unico, especial, magico, con gancho, atractivo...
Me quedo como segidora, tengo que venir más veces para disfrutar de él.
Yo tengo un blog que espero te guste se llama:"LOS CUENTOS DE NATI".
si te gusta y merece la pena quedarte estás invitada a quedarte.
HASTA PRONTO.
Un saluso Nati.